Terra de Sabores

Fumeiro Tradicional

O fumeiro tradicional possui um sabor inconfundível, sendo muito apreciado. Este produto e o anho assado dão origem a dois festivais anuais ─ Anho Assado com Arroz do Forno; Feira do Fumeiro, Cozido à Portuguesa e dos Vinhos de Baião ─ que atraem milhares de visitantes a Baião.

O fumeiro tradicional de Baião é constituído pelas seguintes variedades: salpicão, presunto, linguiça, moira, alheira, pá, farinheira, barriga e cabeça fumada e tem características únicas de excelência, uma vez que todo o processo de produção é acompanhado por técnicos especializados, desde a criação dos suínos, passando pelo abate, pela avaliação das condições sanitárias do local onde são confecionados os enchidos e pela selagem do fumeiro para comercialização. Todos os produtos são oriundos do concelho, possuindo características de sabor únicas e genuínas.

SALPICÃO

O salpicão é um enchido cuja base de confeção é o lombo de porco. O preparado de carne, devidamente condimentada com sal, vinho tinto ou branco da região, água, alho, colorau e louro é introduzido numa tripa grossa de porco de forma cilíndrica. Depois de curado, o salpicão pode ser consumido cru, finamente fatiado, ou, enquanto fresco, ser assado na brasa.

LINGUIÇA

A linguiça, tem na sua composição carne e gordura de porco. À carne e gordura é adicionado sal, vinho tinto ou branco da região, água, alho, colorau, louro e a massa resultante é inserida numa tripa delgada de porco ou de vaca. A linguiça pode ser consumida crua, assada ou cozida, conforme o tempo que tem de cura.

ALHEIRA

A alheira é um enchido fumado com carne, especialmente carne de aves ou de caça, pão regional de trigo e azeite, a que se junta sal, alho e colorau. A pasta resultante, de onde em onde se podem detectar alguns pequenos pedaços, como carnes desfiadas, servirá para encher uma tripa delgada e seca de vaca. Depois de fumada, a alheira deve consumir-se assada.

PRESUNTO

O presunto obtém-se das pernas de porco adulto, macho ou fêmea. Durante cerca de 30 dias as pernas estão em salga. Quando esta é concluída, o presunto é untado com uma mistura composta por colorau, azeite e/ou banha e exposto à acção gradual do fumo da queima de carvalho ou castanho. A cura e envelhecimento acontecem em local frio e seco e todo o processo demora, no mínimo, um ano. Quando o presunto está pronto, deve ser consumido cru, cortando-se finas fatias.

MOIRA

A moira é um enchido constituído por pão, carnes de vinha-d’alhos, calda de cozedura de carnes de porco e sangue, temperado com sal, colorau, pimenta, vinho e alhos. Cheio em tripa delgada de porco e fumada. Apresenta cor castanho-escura ou negra e consistência pastosa. Tem forma de ferradura e pesa cerca de 150g.

FARINHEIRA

A farinheira é um enchido, curado pelo fumo, em forma de ferradura, constituído por gorduras macias obtidas a partir da desmancha de porcos, adicionadas de farinha de trigo (numa relação de cerca de 40% de gordura para 60% de farinha), sal, água, massa de pimentão e dentes secos de alho. Apresenta cor amarela-alaranjada, aspecto liso e sem brilho, consistência semi-mole a pastosa. Tem um aroma e sabor agradáveis, suave, com sabor a alho, fumado e uma relação doce/salgado equilibrada. A gordura é aromática, com sabor agradável e a textura é pouco fibrosa e muito macia.


Sugestão: Clique nas imagens para ampliar.

About the author

Assuntos relacionados