Vida Natural

RIO DOURO

O rio defronte descia, preguiçoso e como adormentado sob a calma já pesada de Maio, abraçando, sem um sussurro, uma larga ilhota de pedra que rebrilhava. Para além a serra crescia em corcovas doces, com uma funda prega onde se aninhava, bem junta e esquecida do mundo, uma vilazinha clara. O espaço imenso repousava num imenso silêncio. (…) A grandeza igualava a graça.

“A Cidade e as Serras”, Eça de Queiroz

Ao atravessar o concelho de Baião, o vale do rio Douro alberga uma flora e uma fauna variadas, devido à diversidade de habitats característica destas paisagens durienses. Poderá observar o mais belo que a flora portuguesa tem para oferecer: ervas como a margaça e o dente-de-leão; arbustos como o medronheiro, o trovisco e a urze-branca; e árvores como o carvalho-alvarinho, o sobreiro e o lodão. A terra fértil possibilita uma silvicultura forte de eucalipto e pinheiro-bravo, bem como uma rica agricultura de olival, vinha, figueira e milho. Não esquecendo ainda os famosos laranjais…

Continuar a ler


Partilhar com o rio Douro alguns momentos da vida, desfrutar de um mundo maravilhoso de ímpares belezas naturais, contemplar uma flora silvestre de cores inimagináveis… São apelos, entre tantos outros, para a pé, de bicicleta ou de automóvel visitar alguns pontos de interesse do Douro, não esgotando assim as inúmeras possibilidades de descoberta…

Edifícios religiosos de diversas épocas, casas solarengas e jardins, casas rústicas e aldeias escondidas… Rica e variada gastronomia tradicional, feita de produtos genuínos e da arte de os preparar e cozinhar, recriando receitas antigas regadas com vinho verde de reconhecida qualidade.

Recolher Texto

About the author

Assuntos relacionados